NOTA À IMPRENSA

Republicanos se posiciona contra a PEC da Transição

O Republicanos, diante da decisão do Supremo Tribunal Federal que já garantiu o pagamento do valor de R$ 600,00 (seiscentos reais) para as famílias em vulnerabilidade social fora do teto de gastos e pensando na manutenção da projeção de crescimento do Produto Interno Bruto para o próximo ano em 2,5%, votará contra a Proposta de Emenda à Constituição 32/22 (PEC da Transição).

A legenda entende que a continuidade do Auxílio Brasil no valor citado acima ao lado da responsabilidade fiscal e crescimento econômico sustentável é ponto crucial de defesa de seus componentes. Portanto, faz-se necessário o posicionamento de fazer cumprir a legislação que regulamenta os gastos do Governo Federal.

O partido entende ainda que é importante manter o equilíbrio entre despesas e receitas, bem como garantir um ambiente de negócios saudável, tornando o Brasil um país seguro para os investimento vigentes e futuros. O objetivo da nossa defesa é criar um cenário que seja favorável à geração de emprego e renda, ponto principal e basilar para o desenvolvimento humano e promoção de estabilidade econômica dos brasileiros.

Brasília, 20 de dezembro de 2022.

BANCADA DO REPUBLICANOS NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Os comentários estão encerrados.